Cuiabá (MT), 27 de maio de 2022 - 09:06

? ºC Cuiabá - MT

Saúde

14/01/2022 08:51 R7

Crianças serão vacinadas por grupos e com autorização dos pais

Campanha para público de 5 a 11 anos deve começar pelo grupo prioritário, como crianças com comorbidades e deficiências

O Ministério da Saúde informou que será necessária a autorização dos pais para a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 ou a presença de um deles no momento da aplicação. No caso de um dos responsáveis no ato da imunização, haverá dispensa do termo por escrito.

campanha para esse público deverá começar no início da semana, de acordo com o calendário de cada município, pelo grupo prioritário, como crianças com comorbidades e deficiências permanentes. "A orientação é que os pais procurem a recomendação prévia de um médico antes da imunização", afirma a pasta em nota.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) também estabeleceu diretrizes para a vacinação de crianças e prevê que a dose não deve ser administrada ao mesmo tempo que outras vacinas do calendário infantil, por precaução. A Anvisa recomenda um intervalo de 15 dias para a aplicação de outro imunizante.

Após a chegada nesta quinta-feira (13) do primeiro lote com 1,2 milhão de doses para uso pediátrico da Pfizer, a previsão era de distribuição a partir da madrugada desta sexta-feira (14), de acordo com o número de crianças de cada unidade da federação.

 O imunizante para crianças será aplicado em duas doses de 0,2 ml (equivalente a 10 microgramas). O esquema vacinal para crianças terá intervalo de oito semanas. A vacina de uso pediátrico tem dosagem e composição diferentes da que é utilizada para os maiores de 12 anos. 
 

Além disso, a tampa do frasco virá na cor laranja, para facilitar a identificação pelas equipes de vacinação e também pelos pais, mães e cuidadores que levarão as crianças para serem vacinadas.

O único imunizante aprovado pela Anvisa para aplicação nesse público é o da farmacêutica Pfizer. A vacina da CoronaVac ainda aguarda aprovação da agência.

Calendário

No estado de São Paulo, a expectativa é imunizar mais de 4 milhões do público infantil. Na capital paulista, o início da vacinação de crianças de 5 a 11 anos está previsto para a segunda-feira (17), e a prioridade são as crianças com comorbidades e deficiência física e as indígenas.

Segundo informou a prefeitura, os pais terão de apresentar atestado médico, receita ou exames que comprovem a condição das crianças com comorbidades e deficiência.

No Rio de Janeiro, de acordo com o calendário divulgado pelo prefeito Eduardo Paes nesta quinta-feira (6), a vacinação começa na segunda-feira (17) com as meninas de 11 anos, e segue com três dias para cada idade até o dia 9 de fevereiro.

 

No Distrito Federal, a campanha de vacinação de crianças deve começar no domingo (16). A primeira etapa vai priorizar crianças com comorbidades e com 11 anos, com postos abertos entre 8h e 17h.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
[email protected]

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo