Cuiabá (MT), 03 de abril de 2020 - 03:16

? ºC Cuiabá - MT

VARIEDADES

17/03/2020 18:28

Visitas a idosos de abrigos de Cuiabá e Várzea Grande são suspensas por prevenção ao coronavírus

Por G1 MT

O Abrigo Bom Jesus de Cuiabá e o Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, em Várzea Grande, suspenderam as visitas em decorrência da pandemia de coronavírus. A medida foi tomada nesta segunda-feira (16).

O abrigo em Cuiabá suspendeu as atividades e restringiu as visitas depois que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) decretou medidas temporárias e emergenciais para evitar o maior contágio da doença. As atividades nos Centros de Convivência dos Idosos foram suspensas.

O Abrigo Bom Jesus atende 80 idosos, sendo 42 homens e 38 mulheres. Eles podem receber visitas todos os dias entre 8h e 17h. Segundo o presidente da entidade, José Duarte, só são permitidas visitas para doações de alimentos, roupas, entre outros itens.

“Por questão de prevenção, pedimos a compreensão e colaboração de todos os visitantes durante 15 dias”, afirma.

O abrigo depende de doações, que podem ser levadas até o local. Os funcionários foram instruídos a receber essas doações para que o visitante não entre em contato com o idoso.

Além disso, é disponibilizado álcool em gel em toda a unidade e os cuidados com a limpeza estão mais rigorosos. Os funcionários também estão usando máscaras cirúrgicas.

Um funcionário que estava de férias e viajou para São Paulo foi orientado a ficar em casa por uma semana para evitar o contato com os idosos.

 

“Tudo o que pudermos fazer para evitar o contágio será feito, por eles fazerem parte da população de risco”, afirma José.

 

Lar São Vicente de Paulo

O Lar de Idosos São Vicente de Paulo emitiu uma nota informou que as visitas que poderiam ser feitas todos os dias foram suspensas por tempo indeterminado. Atualmente, vivem no local 64 idosos.

As doações devem ser entregues à administração. Somente os funcionários vão manter contato com o visitante e depois deverá fazer a higienização das mãos, conforme a Secretaria Estadual de Saúde.

O diretor da entidade, João Cassim, afirma que está seguindo todas as orientações da equipe de enfermagem que trabalha no local e das secretarias de Saúde e de Assistência Social.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
redacao@maxnoticias.com.br

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo