Cuiabá (MT), 24 de fevereiro de 2020 - 00:39

? ºC Cuiabá - MT

TRISTEZA

16/11/2016 09:16

Aluno que passou mal morre em treinamento dos Bombeiros

Rodrigo Claro, 21, deu entrada no Hospital Jardim Cuiabá, em coma induzido com quadro de aneurisma

O aluno do Curso de Formação do Corpo de Bombeiro de Mato Grosso, Rodrigo Claro, de 21 anos, morreu na noite de terça-feira (15), após cinco dias internado em induzido na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Jardim Cuiabá, na Capital.

De acordo com colegas do curso de formação, o quadro clínico de Rodrigo se agravou e a morte foi confirmada por volta das 22h30. Ele deu entrada no hospital com aneurisma cerebral.

Conforme noticiado pelo MidiaNews, na tarde de quinta-feira (10), Rodrigo passou mal durante uma aula prática na Lagoa Travisan. Ele reclamou de dores na cabeça e de exaustão, sendo dispensado no final do treinamento.

Rodrigo teria retornado ao Batalhão, no Bairro Verdão, onde voltou a se queixar das dores, sendo encaminhado para a policlínica – que fica em frente à unidade da corporação –, onde teve duas convulsões e foi encaminhado à uniade médica em estado crítico.

“Caldo”

Uma fonte próxima do aluno contou à reportagem que, durante o treinamento, Rodrigo teria passado por uma sessão de afogamentos.

“Tinha um grupo de alunos levando ‘caldo’ [afogamentos forçados] de uma tenente, entre eles Rodrigo. Ela subiu no ombro deles, o forçando a ficar embaixo d’água. Ele chegou a reclamar, que estava se afogando, mas só foi tirado da água quando apresentou uma exaustão. E ainda o mandaram ir embora, que era para ele sumir de lá”, contou.

No entanto, em nota, o Corpo de Bombeiro informou que o aluno passou mal ao fazer uma travessia a nado com os demais companheiros do curso.

“Mesmo assim, o comandante-geral da instituição determinou a abertura de um procedimento administrativo para apuração dos fatos”.

O corpo do Rodrigo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), para exame de necropsia e até as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (16), não havia sido liberado.

Rodrigo era morador de Tangará da Serra (239 km a Noroeste), onde será velado e sepultado.

fonte:midianews


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102
redacao@maxnoticias.com.br

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo