Cuiabá (MT), 20 de outubro de 2020 - 15:35

? ºC Cuiabá - MT

Noticia

14/10/2020 19:49

Cirurgias eletivas em Cuiabá serão retomadas de forma gradual para não lotar hospitais

O Decreto Municipal nº 8.136, publicado na última semana no Diário Oficial liberou, entre outras coisas, a retomada das cirurgias eletivas na capital mato-grossense. Elas estavam proibidas desde março, em decorrência da pandemia da Covid-19.

De acordo com o banco de dados da Central de Regulação, o SISREG, existe atualmente uma fila de aproximadamente 23 mil pessoas aguardando para realizar cirurgias eletivas, sendo que cerca de 9 mil são de Cuiabá e o restante de cidades de todo o estado.

A coordenadora da Central de Regulação, Elaine Souza explicou como será feita a retomada destas cirurgias. “Será feito um retorno gradativo das cirurgias eletivas, porque não podemos lotar os hospitais ainda. Como a vida está voltando ao normal, precisamos ficar atentos para que os casos de COVID não aumentem de novo. Estamos sendo cuidadosos, trabalhando a fila, triando novamente. Estamos verificando se estes pacientes que estavam na fila ainda precisam fazer a cirurgia, se ainda têm interesse, pois muita coisa aconteceu nesses meses, e cada situação é diferente da outra. Os nossos prestadores de serviço também estão voltando gradativamente e aos poucos estamos encaminhando os pacientes e estes serão chamados para as cirurgias. Quem não tem mais interesse está sendo retirado da fila”, disse Elaine.

Luzinete Siqueira, superintendente da Central de Regulação revelou que os pacientes que estavam com as cirurgias aprovadas e não puderam fazer por causa da pandemia serão os primeiros a ser encaminhados, dependendo do quadro clínico, que está sendo avaliado pelo médico regulador. “Existe uma fila de Cuiabá e de todo o Estado com o quantitativo elevado de pacientes. Os médicos reguladores vão avaliar o quadro clínico das solicitações, utilizando a ordem cronológica e o próprio quadro clínico, e as cirurgias serão autorizadas de acordo com estes critérios. Importante ressaltar que a SMS está fazendo essa retomada dos atendimentos com bastante responsabilidade, para que não haja uma superlotação dos hospitais, o que significaria um risco para os pacientes, uma vez que a pandemia ainda não acabou”, explicou a superintendente.

À medida que os pacientes forem sendo triados e as cirurgias autorizadas, eles serão avisados pelo call center da Central de Regulação. Além disso, o hospital o procedimento será realizado também liga para o paciente para avisá-lo. “Quem não receber a ligação da Central de Regulação ou do próprio hospital pode procurar a unidade de saúde onde se consultou e onde foi realizada a solicitação de exame ou cirurgia. Estas unidades têm acesso direto dentro da Regulação para buscar as informações”, finalizou Luzinete.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
redacao@maxnoticias.com.br

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo