Cuiabá (MT), 20 de outubro de 2020 - 15:38

? ºC Cuiabá - MT

eleiçoes agora

25/09/2016 12:44

“Em 2008, Wilson fez ataques pessoais e isso deixou sequelas”

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO
 

O prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB) voltou a afirmar que os ataques sofridos na campanha de 2008 são o principal motivo da sua ausência na campanha do candidato a prefeito Wilson Santos (PSDB).

 

À época, Wilson foi adversário de Mendes e venceu a disputa no segundo turno com 60% dos votos.

 

Em entrevista ao programa O Livre, da Band Mato Grosso, na semana passada, o prefeito disse que aquela campanha deixou “sequelas”.

 

“Em 2008, a campanha do então candidato Wilson Santos, se foi ele ou não, ele era o responsável, fez ataques pessoais à minha pessoa, à nossa dignidade, à dignidade da minha esposa [Virgínia Mendes]. E isso deixou sequelas. Então, temos dignidade. Isso afeta minha esposa e tenho que respeitar”, disse.

 

Entre os episódios daquela campanha, a coligação tucana acusou Mendes de ter atropelado um casal em 1993, em Cuiabá, e de não ter prestado socorro nem pago despesas médicas das vítimas.

 

Apesar disso, Mauro Mendes disse manter o apoio partidário ao candidato escolhido, segundo ele, pelo governador Pedro Taques (PSDB).

“O nosso partido, PSB, fez um compromisso com o PSDB do governador Pedro Taques, de apoiar o nome

que ele escolheu para ser o candidato do grupo. Foi uma escolha pessoal do governador e nós respeitamos isso. O PSB está honrando esse compromisso e vai honrar até o último dia em retribuição ao apoio que o PSDB nos deu até o último momento”, afirmou.

“A minha participação é limitada a ajudar a nossa chapa, do PSB, do PV, ajudar com a participação do secretariado, e ajudar nos bastidores da campanha política. Esse é o compromisso e é isso que vamos honrar”, disse.

 

Indagado de qual será o seu voto no dia da eleição, Mendes disse que o voto é secreto. "E esta é uma prerrogativa que queremos exercer”.

 

Segundo turno

 

Apesar disso, o prefeito de Cuiabá não descartou mudar de postura caso Wilson Santos vá para o segundo turno.

 

“Vamos acompanhar o desenrolar dos fatos. É muito provável que tenhamos segundo turno em Cuiabá. Hoje, as pesquisas não permitem dizer com clareza quem serão os candidatos. Mas no segundo turno vou analisar com muita responsabilidade a minha posição como cidadão e como líder político de um partido que está inserido nesse processo. Mas é uma decisão que no segundo turno poderemos avaliar novamente”, afirmou.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
redacao@maxnoticias.com.br

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo