Cuiabá (MT), 22 de maio de 2022 - 01:21

? ºC Cuiabá - MT

Economia

12/05/2022 11:14

Cuiabá: cesta básica registra queda de preço na segunda semana de maio

A segunda semana de maio apresentou uma pequena retração no valor da cesta básica comercializada em Cuiabá, após registrar alta na semana anterior, segundo o levantamento do Instituto e Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT). No início deste mês, os itens que compõem a cesta básica chegaram ao valor de R$ 715,04, já nesta semana, o custo caiu para R$ 699,96, uma diferença de R$ 15,08, o que representa uma queda de 2,11%.

No total, 38% dos itens da cesta tiveram redução de preço, em comparação com a semana passada. Entre os produtos, o tomate que já na quinta semana consecutiva em baixa, apresentou uma diminuição de 21,52%. A banana que também estava em queda, registrou uma redução de 3,19%. Outros quatro itens da cesta apresentaram baixa e conduziram para uma média abaixo de R$ 700,00, valor não averiguado desde o mês de março.

Para o superintendente da Fecomércio-MT, Igor Cunha, essa diminuição foi influenciada pela forte queda do preço do tomate, que está associada à grande oferta do produto, diante da intensificação da safra. “A queda no preço do tomate, pela quinta vez consecutiva, está associada ao crescimento da oferta do produto diante da intensificação da colheita de inverno, o que aumenta sua oferta nos supermercados da capital”, destacou.

Um item que chamou atenção do IPF-MT foi a manteiga, que registrou uma alta de 11,99%, podendo ter relação com o aumento no valor do insumo principal de sua fabricação, o leite, associado à uma baixa oferta com o aumento de custos de produção. Para o IPF-MT, os itens que mais sofrem impacto diante da guerra entre Rússia e Ucrânia continuam em alta, como é o caso da farinha de trigo e do pão francês.

O superintendente ressalta ainda que a média final da cesta básica desta semana, com registro abaixo dos R$ 700, pode gerar fôlego para os consumidores que enfrentavam muitas altas nos preços. “Essa leve queda no valor final dos itens avaliados na cesta é um alívio para os consumidores. Para a população mais carente, R$15 faz toda a diferença para a família conseguir comprar outros itens da cesta ou então utilizar em outras despesas”, concluiu.


Fale Conosco

Fone (65) 3023-2102

Patricia Bueno Mussi
[email protected]

 

 

Assessoria Jurídica.

Marcos Davi Andrade

Copyright 2015 - Todos os direitos reservados.
Max Notícias.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo